quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Halloween e Campanha Solidária a favor da "Acreditar"

Pois é, os miúdos adoram o Dia das Bruxas e nós aproveitamos para lhes ir ensinando algumas coisas através destes projectos. Este trabalho envolve o processo de contagem até três e serve também para começarem a reconhecer alguns algarismos. Primeiro pintaram com lápis de cor as figuras, depois recortaram à volta (com a nossa ajuda) e colaram-nas na coluna correcta. Confesso que alguns contaram 3 bruxas e 5 morcegos, mas enfim... São pequeninos e estão só a começar!



Estas teias são um exercício de grafismo para irem melhorando as habilidades finas. A aranha no meio é uma impressão digital da criança à qual se acrescentaram 8 patas.



Aqui ficam mais algumas abóboras (feitas com pratos de papel) inspiradas nas abóboras que vi no seguinte blog (http://miminhosecarinhos.blogspot.com/2008/10/bruxas-e-companhia_29.html). Coloco aqui também a foto dos gatos pretos de três tamanhos diferentes (esponjados através de "stencils") que vamos transformar em móbile. E como não podia deixar de ser, para além de trabalharmos os tamanhos (pequeno, médio e grande), vamos também fazer um exercício básico de seriação e colocá-los por ordem (crescente ou decrescente, à vontade do freguês).




(Abóboras: pintar o prato de cor de laranja e depois de seco passar-lhe uma camada de "tinta" de brilhantes prateados. Os olhos e boca podem ser picotados, mas neste caso usei um x-ato. Depois é só escolher uma cor de papel celofane para colar na parte de trás do prato e colocar o papel crepe verde.)


(Móbile de gatos pretos: pintura com tinta preta usando stencils de 3 tamanhos. Depois de recortados, os gatos são pendurados com fio de pesca.)

O trabalho seguinte também ficou muito giro. Os miúdos rabiscaram uma folha branca com lápis de cera preto, sobre a qual colaram um morcego pintado com tinta preta muito diluída e uma lua pintada com lápis de cera amarelo coberta com anilina da mesma cor. Tudo sobre um acetato castanho para sobressair da parede. Simples, não é?



Infelizmente não me lembrei de tirar uma foto à nossa querida jack'o-lantern, que nos iluminou no dia de Halloween. Escavámos a abóbora com muito esforço e fizemos-lhe olhos, boca e nariz! Depois foi só colocar uma vela lá dentro e apagar as luzes!!! Que máximo! A abóbora abaixo não era a nossa, mas ficou muito parecida:



Tal como nos anos anteriores, com o miolo da abóbora fizemos um doce bem gostoso para vender às famílias. O dinheiro que fizemos com a venda dos frascos reverteu todo a favor da Acreditar (http://www.acreditar.org.pt/).




2 comentários:

Ana disse...

Olá! Desculpa a intromissão, mas onde compraste o acetato castanho?
(vim parar a este blog por pesquisar no google por "acetato castanho" que ando desesperadamente à procura para um trabalho da escola)
obrigada,

Ana

Nana disse...

Olá Ana, peço desculpa mas não faço a mínima ideia onde é que foi comprado... era uma coisa que já andava lá na escola aos trambolhões há séculos... vou perguntar e se alguém souber alguma coisa eu aviso, ok?